Desde o ano passado, todo o mundo acompanha e vive as mesmas preocupações devido a pandemia da Covid-19. Muitas pessoas, inclusive, perderam seus empregos e tiveram que se reinventar na crise, abrindo seu próprio negócio.

Neste artigo iremos ver;

  1. Advogados Especialistas em Aposentadoria de Autônomos
  2. 6 dicas Para Conseguir a Aposentadoria do Trabalhador Autônomo
    • Procurar um advogado especialista no assunto
    • Registrar seu tempo de contribuição
    • Regularizar os débitos com o INSS
    • Recolher o teto máximo
    • Comprovar tempo de trabalho rural
    • Comprovar tempo em atividade insalubre
  3. Quais os passos para um autônomo começar a pagar o INSS?

Advogados Especialistas em Aposentadoria de Autônomos

Em meio ao aumento do desemprego, a saída que muitos buscaram para manter sua renda mensal foi o trabalho autônomo. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no primeiro semestre de 2019, os trabalhadores autônomos já somavam 24 milhões no país e esse número vem crescendo cada vez mais.

Diante desse novo tipo de perfil de trabalhadores, que atuam nas mais diversas áreas, a aposentadoria necessita de um olhar especial, já que é requerida pelo próprio profissional, portanto as contribuições devem ser feitas desde o início.

Ocorre que muitos autônomos, talvez por inexperiência, acabam contribuindo com valores muito altos ou baixos, ou ainda não efetuam pagamentos de contribuições atrasadas, o que gera problemas para a garantia do benefício.

Nesse caso, a ajuda de profissionais especializados na área previdenciária é de suma importância, como é o caso da WGZ Advogados.

A WGZ Advogados trabalha com os mais qualificados profissionais dessa área, com o objetivo de proporcionar aos seus clientes toda tranquilidade nesse momento tão importante da vida.

Contar com profissionais, principalmente para quem é autônomo é a melhor escolha! E para te ajudar ainda mais, conte com essas dicas exclusivas oferecidas pela WGZ e garanta de maneira segura e rápida o sossego que a aposentadoria pode proporcionar.

6 Dicas Para Conseguir a Aposentadoria do Trabalhador Autônomo

Quem atua como trabalhador autônomo já sabe que também precisa se aposentar um dia. O valor atual do benefício é de um salário mínimo, cerca de R$1.100, mas pode atingir um valor muito maior, que só depende do valor de contribuição que o segurado está disposto a pagar.

O valor de um teto máximo atualmente chega a seis mil reais, porém esse cálculo depende também do valor de contribuição do autônomo e o período trabalhado, se foi com insalubridade ou concomitante etc.

Seis dicas para conseguir o benefício
Seis dicas para conseguir o benefício

Além de contribuir com a previdência e possuir a carência exigida para entrar com o pedido de aposentadoria, outras dicas são importantes antes de entrar com o requerimento no INSS:

1. Procurar um advogado especialista no assunto

Um bom advogado vai conduzir o processo da maneira correta, evitando que o trabalhador perca seu tempo e horas que poderia estar em seu trabalho. Além disso, pode evitar prejuízos, caso o INSS esbarre em algum detalhe que possa causar a negação do benefício.

2. Registrar seu tempo de contribuição

Fazer a contagem do tempo de contribuição e marcar o dia exato que completará o tempo de carência exigido pode evitar riscos de adiar ou atrasar o benefício, inclusive, de ter que arcar com danos materiais.

3. Regularizar os débitos com o INSS

Se você possui um período de débitos com o sistema, vale a pena regularizá-lo antes de iniciar o processo, até porque em caso de falhas na contribuição, o sistema não terá como conceder o benefício.

4. Recolher o teto máximo

Algumas pessoas trabalham períodos concomitantes em dois empregos. No entanto, deixam de recolher o teto máximo, prejudicando os cálculos do valor da aposentadoria.

Essa possibilidade de contribuição deve ser verificada para que compense o pedido com o valor do benefício adequado à renda do segurado.

5. Comprovar tempo de trabalho rural

Quem possui pais agricultores e conviveu na roça durante os 12 anos de idade, pode utilizar esse tempo para acrescentar na aposentadoria, adiantando a obtenção do benefício e aumentando o salário.

6. Comprovar tempo em atividade insalubre

Pessoas que desenvolvem atividade especial com agentes físicos, químicos e biológicos, podendo colocar em risco sua saúde no ambiente de trabalho, têm direito ao benefício com regras mais leves.

É importante que o segurado saiba que a aquisição de um teto da aposentadoria depende de um bom planejamento previdenciário, no qual o cidadão trace estratégias em longo prazo e conte com auxílio profissional.

Outra dica importante para iniciar o processo é a contribuição com o INSS. Para isso, alguns passos são essenciais.

O trabalho autônomo aumento consideravelmente devido a pandemia. Fique atento para poder garantir o seu benefício de aposentadoria no futuro.



Quais os passos para um autônomo começar a pagar o INSS?

Profissionais autônomos costumam possuir diversas dúvidas de como entrar com o pedido de aposentadoria. Muitas vezes, por não ter auxílio de um advogado ou por falta de conhecimento no assunto, acabam atrasando o processo.

Para quem está nessa situação, os passos abaixo são importantes, pois orientam de uma forma geral por onde começar a busca.

  • Fazer a inscrição no Programa de Interação Social (PIS)
  • Escolher o tipo de contribuição no qual você se enquadra
  • Preencher a guia de previdência social (GPS)
  • Marcar a data da contribuição mensalmente

Após a Reforma da Previdência, o cálculo do teto máximo da aposentadoria mudou. Atualmente, as regras se baseiam na média de todas as contribuições efetuadas desde 1994, processo que tem dificultado bastante o recebimento desse valor tão almejado.

Sendo assim, o segurado autônomo que queira se aposentar com o teto máximo ficará mais próximo de receber, pelo menos, 60% do valor e agregar mais 2% a cada ano de contribuição, acima de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens.

Para o profissional autônomo cada passo deve ser calculado, desde o valor da contribuição, valor do teto, carência de tempo trabalhado, além de outros fatores. Diante de tanta burocracia, nada melhor do que contar com a ajuda de profissionais da área como a WGZ Advogados.

A agência WGZ Advogados é especialista em direito previdenciário e possui uma ampla cobertura nos atendimentos por vídeo conferência, mensagem instantânea e assistência presencial.

A missão dessa empresa é a conquista dos direitos trabalhistas, orientando seus clientes para que o benefício seja adquirido com sucesso e agilidade no processo.

Gostou do post? Continue acompanhando os artigos pelo nosso site e garanta mais informações! Conte com a WGZ Advogados para a conquista dos seus direitos previdenciários!

WGZ Advogados é especialista em processos de aposentadoria por idade. Entre em contato conosco pelo WhatsApp ou preencha o nosso formulário abaixo. Atendemos também pelo telefone (17) 99709-2951.